Garimpeiros ateiam fogo no prédio do Ibama e ICMBIO em Humaitá

Veículos também foram destruídos pelos garimpeiros

28/10/2017 - 13:15 hs

Nesta sexta-feira (27), a cidade de Humaitá no sul do Amazonas, 600 km de Manaus, viveu momentos de terror após garimpeiros atearem fogo nos prédios, Barcos e veículos do IBAMA, Força Nacional, e ICMBio localizados na Avenida Transamazônica. Duas residências também pegaram fogo.

De acordo com populares após o IBAMA atear fogo nas balsas de garimpo, os garimpeiros foram até o prefeito Herivaneo Seixas em seguida deslocaram para o prédio do IBAMA para soluciona o problema, chegando no local, vândalos atearam fogo nos prédios, veículos e materiais apreendidos de operações anteriores.


Vândalos seguiram para o prédio do ICMBio, próximo a estação rodoviária, ateando fogo em tudo, inclusive nas lanchas. Duas casas chegaram á iniciar o fogo, só que foi controlado por moradores.

Por volta das 17 horas foram em direção do alojamento da Força Nacional, que fica no Incra. A Polícia Militar do 4° BPM foi acionada é conseguiu resgatar polícias da Força Nacional que estavam encurralados por manifestantes, Evitando o pior.

Em seguida manifestantes seguiram em direção a Marinha para atear fogo na vila, na qual mora os militares é familiares. Mas não coseguiram devido ao forte esquema de segurança da PM que entrou em confronto com os manifestantes é bravamente conseguiu impedir mais uma tragédia.

Enquanto isso dentro da vila,por volta das 18 horas, Militares da Marinha e familiares explicava através do Whatsapp quem não tinham nenhum envolvimento com o incêndio contra os garimpeiros, e que ali tinha crianças.

Por volta das 21:00 horas a PM restaurou a ordem. E na virada da noite chegou um contingente do 54° Bis (Exército), Polícia Rodoviária Federal e da Polícia Federal, para reforçar a segurança e ajudar nas investigações.

Quebra-Quebra

De acordo com os garimpeiros, várias balsas de garimpo foram queimadas, acabando com a única renda da família. Outros informaram que algumas balsas não estavam funcionando há vários meses o que motivou a revolta e o quebra-quebra.

Órgão Federais

Segundo o IBAMA eles fizeram uma operação conjunta com a Força Nacional e ICMBio com autorização da Marinha, na qual combatiam à extração ilegal de ouro na região do Rio Madeira, próximo a cidade de Humaitá. E que só cumpriam ordem de Brasília.

Veja vídeo:

 

 


Fonte:Jornaldehumaita

Garimpeiros ateiam fogo no prédio do Ibama e ICMBIO em HumaitáGarimpeiros ateiam fogo no prédio do Ibama e ICMBIO em Humaitá