Professores do João Bento “acertam” tema da redação do ENEM/2017

06/11/2017 - 19:57 hs

De um modo geral, o tema da redação do ENEM/2017 foi alvo de muitas reclamações dos alunos pelo Brasil afora. "Desafios para a formação educacional de surdos no Brasil" foi a proposta que desagradou a muitos estudantes. Para eles, essa proposta de tema foi confusa e também surpreendente. Mas este não foi o sentimento dos alunos da Escola Professor João Bento da Costa de Porto Velho. Há menos de duas semanas foi trabalhada na escola uma redação no IV Simulado cujo tema “A questão da inclusão das pessoas com deficiência” abordava com detalhes essa delicadíssima questão social. Os dois temas, claro, não são totalmente idênticos, porém as abordagens estruturais dos dois textos são as mesmas. Enquanto o tema do João Bento foi mais abrangente, o do ENEM foi mais específico. “O aluno do João Bento que fez a redação no IV Simulado da escola não teve nenhuma dificuldade para se dar muito bem na Redação do ENEM”, avaliaram alguns professores de Linguagens da escola.

A professora Heloísa Helena Ramos de Língua Portuguesa e Interpretação de Textos dos terceiros anos da tarde foi quem escolheu o tema para o simulado da escola. Junto com outros professores já aplicaram e corrigiram somente neste ano de 2017 mais de 12 mil redações dos alunos. Cada aluno fez uma média de 15 textos durante o ano letivo. “Na escola João Bento temos uma maravilhosa equipe de Linguagens que sempre visa ao bem de todos os alunos que vão para o ENEM”, resumiu um dos mestres da equipe sem esconder a alegria. Além da professora Heloísa Helena e do professor Nazareno, que ministra Redação, a equipe de Linguagens da Escola João Bento da Costa é formada pelos professores Diniz de Albuquerque de Literatura, Allan Ferreira de Gramática e Joana Camilo também de Literatura. Os professores de Linguagens e Redação dos primeiros, dos segundos anos e do EJA também colaboraram para o sucesso da escola como um todo. No primeiro dia de provas do ENEM/2017, um domingo, como acontece todos os anos, a Direção da escola, todos os professores e funcionários vestiram literalmente a camisa do João Bento e fizeram um “Pit Stop” para recepcionar os alunos em quase todos os locais de provas.

 

Muitos alunos da escola estavam eufóricos após a prova. “Estudar numa escola como o João Bento da Costa faz toda a diferença” disse a aluna Steffane Santos. Nas redes sociais não se falava de outra coisa entre os eufóricos e alegres alunos. Já a aluna Iza Ribeiro disse que quando viu o tema começou a rir de alegria. “Vale a pena estudar numa escola como o João Bento”, disse. O diretor, professor Chiquinho e a vice-diretora Professora Lady estavam muito eufóricos também. “Aqui na escola fazemos tudo para contemplar os nossos alunos, que são o objetivo final do nosso trabalho”, disse o diretor. “Estamos nos preparando para o próximo domingo, pois a guerra ainda não terminou. Teremos mais outra batalha”, finalizou a vice-diretora. Este ano o João Bento da Costa funcionou com 20 turmas de terceirão além dos primeiros, segundos anos e todo o pessoal do EJA. Um total de mais de 800 alunos fizeram o ENEM em 2017. “Aqui o trabalho não pode parar nunca”, disse o diretor Chiquinho. E continuou: “já estamos nos preparando para 2018, pois escola pública de excelência existe sim em Rondônia”, finalizou.


Fonte: Assessoria