Os deputados federais de Rondônia mais atuantes no Congresso Nacional; segundo site

Site politicos.org avalia a atuação de deputados federais no Congresso Nacional - sem levar em conta conteúdo ideológico

17/01/2018 - 18:59 hs
Foto: Portaljipa
Os deputados federais de Rondônia mais atuantes no Congresso Nacional; segundo site
Deputados Federais de Rondônia
Uma nova ferramenta pretende ajudar o eleitor a decifrar a sopa de letrinhas dos partidos brasileiros e acompanhar de maneira mais simplificada a atuação dos 594 parlamentares do Congresso. Além de trazer informações e histórico dos candidatos que disputam as eleições 2014, a plataforma divulgou um ranking que elenca os deputados federais mais atuantes entre os 513 que estão hoje em exercício.

Entre eles, levamos em conta as melhores posições para colocar em ordem os mais atuantes de Rondônia, de acordo com o site e sua posição no ranking nacional.

8° Lugar Lindomar Garçon (PRB) (464º no ranking nacional)

Pontuação total: -50
Presença nas sessões: -36
Qualidade Legislativa: 195

Processos judiciais descritos no site

TRF-1 - Seção Judiciária de Rondônia - Ação civil pública nº 0000891-60.2009.4.01.4100 - Foi condenado por improbidade administrativa por envolvimento na Máfia das Ambulâncias, que consistia em desvio de verba federal do Sistema Único de Saúde para compra de ambulâncias superfaturadas. Político era prefeito de Candeias do Jamari na época. A Justiça determinou ressarcimento ao erário, perda dos direitos políticos por 5 anos, além da perda dos cargos ou funções públicas desempenhadas. O parlamentar recorre: TRF-1 - Apelação nº 2009.41.00.000894-2.

TRE-RO - AIJE nº 288787.2010.622.0000 - Foi condenado junto com o senador Ivo Cassol (PP) por abusos de poder político e econômico por utilização indevida de entidade de classe estudantil para participação em comício. A Justiça determinou sua inelegibilidade para as eleições subsequentes ao pleito de 2010 por três anos. Recorre da decisão: TSE - Recurso nº 288787/2013. O político entrou com pedido de efeito suspensivo, que foi aceito: TSE - Ação cautelar nº 10177.2013.600.0000.

TRE-RO - Prestação de contas nº 6727.2012.622.0000 - Foram reprovadas as contas do Partido Verde em 2011, quando o parlamentar era responsável.
STF - Ação penal nº 925/2015 - É réu em ação penal referente a crimes eleitorais.

STF - Inquérito nº 4020/2015 - É alvo de inquérito referente a crimes de captação ilícita de votos e corrupção eleitoral.


7° Lugar Expedito Netto (PSD-RO) (339º no ranking nacional)

Pontuação total: 123
Presença nas sessões: +26
Qualidade Legislativa: 165

Processos judiciais descritos no site

Este parlamentar não possui processos.

Para acessar o link clique AQUI

6° Lucio Mosquini (PMDB) (222º no ranking nacional)

Pontuação total: 230
Presença nas sessões: -14
Qualidade Legislativa: 285

Processos judiciais descritos no site

STF - Inquérito nº 4006/2015 - É alvo de inquérito que apura a prática dos crimes de organização criminosa, falsidade ideológica e lavagem de dinheiro. A denúncia relatou indícios, apurados pela Operação Ludus, de superfaturamento, direcionamento, fraude e desvio de recursos públicos na licitação e execução das obras públicas, estimadas ao custo de mais de R$ 22 milhões. O parlamentar chegou a ser preso preventivamente no curso da operação, por determinação do TJ-RO. Contudo, o STJ concedeu o habeas corpus aos acusados: STJ - Habeas corpus nº 311797/2014

TCU - Tomada de contas nº 028077/2010-5 - Foi multado por não cumprir com determinações do processo de tomada de contas Nº 006.625/2008-5, referentes à construção de anel rodoviário pelo DER-RO, órgão que dirigia à época.

TCE - Prestação de contas nº 1737/2013 Contas julgadas julgadas irregulares do Departamento de Estradas de Rodagem e Transportes do Estado de Rondônia no exercício de 2012, quando diretor. Tribunal determinou pagamento de multa.


5° Nilton Capixaba (PTB) (211º no ranking nacional)

Pontuação total: 238
Presença nas sessões: +14
Qualidade Legislativa: 360

Processos judiciais descritos no site

TRE-RO - Prestação de contas nº 39610.2010.622.0000 - Diretório estadual do PTB teve as contas reprovadas referente ao exercício de 2009, quando o parlamentar era presidente. Partido recorreu, mas decisão foi mantida.

STF - Ação penal nº 644/2011 - Acusado de envolvimento com a Máfia das Ambulâncias, é réu em ação penal movida pelo Ministério Público Federal por corrupção passiva, lavagem de dinheiro e formação de quadrilha.

STF - Ação penal nº 958/2015 - É réu em ação penal movida pelo Ministério Público Federal, referente a prática de crimes da Lei de Licitações.

TRF-1 - Seção Judiciária de Rondônia - Ação civil pública nº 0000432-26.2007.4.01.4101 - É alvo de ação de improbidade administrativa (violação aos princípios administrativos) movida pelo MPF por envolvimento com a máfia das ambulâncias.

TRF-1 - Subseção Judiciária de Ji-Paraná - Ação civil pública nº 2221.20.14.401410-1 - Trata-se de ação civil de improbidade administrativa relacionada à Máfia das Ambulâncias.


4° Marinha Raupp (PMDB) (161º no ranking nacional)

Pontuação total: 270
Presença nas sessões: -48
Qualidade Legislativa: 335


Processos judiciais descritos no site

TJ-RO - Comarca de Porto Velho - Ação civil pública nº 0100597-25.1999.8.22.0001 - Foi condenada juntamente com seu marido Valdir Raupp de Matos, governador de Rondônia à época, por improbidade administrativa. Ambos foram acusados de promoção pessoal pela confecção de cartilhas por intermédio da Fundação de Amparo ao Menor Carente e Ação Social de Rondônia. A parlamentar recorreu e a Justiça decidiu pela reforma parcial da decisão, mantendo as penas de ressarcimento ao erário e multa civil: TJ-RO - Comarca de Porto Velho - Apelação nº 2002877-90.2000.822.0000. Recorreu da condenação, que foi mantida: STJ - REsp nº 439237 e STF - Agravo de instrumento nº 634086.


3° Luiz Claudio (PR) (161º no ranking nacional)

Pontuação total: 271
Presença nas sessões: +24
Qualidade Legislativa: 290

Processos judiciais descritos no site

STF - Inquérito nº 4057/2015 - É alvo de inquérito referente a crime de corrupção passiva. Na ação cautelar nº 3827/2015, o STF determinou a quebra do sigilo bancário do parlamentar. O processo corre em segredo de justiça.

TRE-RO - 19ª Z.E. - Prestação de contas nº 0000122-13.2015.6.22.0019 - Referente às contas do diretório municipal de Parecis (RO). Determinou-se a suspensão das cotas do fundo partidário enquanto durar a omissão.

TRE-RO - 19ª Z.E. - Prestação de contas nº 0000125-65.2015.6.22.0019 - Referente às contas do diretório municipal de São Felipe do Oeste (RO). Determinou-se a suspensão das cotas do fundo partidário enquanto durar a omissão.


2° Marcos Rogério (DEM) (104º no ranking nacional)


Pontuação total: 326
Presença nas sessões: +22
Qualidade Legislativa: 320

Processos judiciais descritos no site

Este parlamentar não possui processos.


1° Mariana Carvalho (PSDB) (35° no ranking nacional)

Pontuação total: 400
Presença nas sessões: 22
Qualidade Legislativa: 380

Processos judiciais descritos no site

TCE-RO - Prestação de contas nº 01921/12 - Foi responsabilizada e multada, juntamente com os demais vereadores da Câmara de Porto Velho, pelo recebimento de remuneração acima do teto permitido. Foi determinado aos vereadores o ressarcimento dos cofres públicos.


Todas essas informações são do no site Ranking Políticos. Para ter acesso basta clicar AQUI!