Ele conseguiu o que queria: Atenção. E ainda a nível nacional.

Por Juan Pantoja 01/01/2020 - 21:18 hs
Politicamente o Brasil sempre foi uma incógnita, se tratando ainda mais de preferencia ideológica. Um período a população prefere candidatos de esquerda, outro período - que é o atual - de direita. Isso se vai do momento. É pensando e apostando nisso, que o ativista, professor, jornalista e até colunista deste site, Samuel Costa, está sendo um dos maiores opositores e nomes da esquerda atual em RO. De fato, podem pesquisar. Quem mais se expõe, se manifesta, bate de frente atualmente é ele. Título esse que ele carrega com muito orgulho.

Foto:Luciano Hang, dono da Havan, publicou imagem em seu Instagram sobre postagem de Samuel

Mas, quem conhece de fato o Samuel sabe que ele não dá ponto sem nó, ele não é bobo, muito pelo contrário, nada que ele faz é em vão ou sem rumo. Prova disso, é que mesmo depois de um abaixo assinado pedindo sua exoneração na ALE depois que ele publicou aquela postagem que usava de forma pejorativa a imagem de Jesus com Bolsonaro apontando o dedinho da arminha pra ele, ele permaneceu no cargo e tá firme forte até hoje. Diferente se fosse qualquer um de nós. Ele é articulado e muito bom de cálculo e previsões políticas. Muitos dos que são hoje vereadores chegaram onde chegaram através da sua consultoria. Ele não errou nenhuma. ''Fulano, vá para tal partido. Lá, se você fizer tantos votos, o ciclano te puxa e o Beltrano faz uma quantidade o suficiente para te eleger. Vá pra lá''.




Foto: Postagem de Samuel Costa que o rendeu um abaixo assinado.

Aos 20 anos, ele foi candidato a vereador e teve quase 2 mil votos. Votação essa que fez com que o prefeito eleito na época, Mauro Nasif, hoje Deputado Federal, lhe nomeasse Coordenador Estadual da Juventude. No entanto, o rapaz não ficou por muito tempo, ele organizou um 'Harlen Shake' de cima do viaduto para zombar das obras que ficaram quase 8 anos paradas e assim que o prefeito ficou sabendo o exonerou.

Em seguida, foi candidato a Deputado Estadual, aí onde surgiu uma sombra maligna que o acompanha até hoje. Deu uma bobeira de fazer uma negociata de vender o seu provável futuro mandato. Isso não só acabou com a sua campanha na época, como lhe acompanha até hoje.

Sobre isso Samuel diz: “Fui investigado e a própria Polícia Federal que é a autoridade competente para investigar, junto o Ministério Público Eleitoral percebeu que tudo foi uma grande armação com o intuito de me desestabilizar politicamente no pleito de 2014. Contra mim não paira nenhum tipo de processo ou condenação seja na esfera civil ou criminal. Meus algozes, me atacam sem fundamentos, basta fazer uma rápida pesquisa nos sites oficiais, tenho todos minhas certidões negativas, sou verdadeiramente ficha limpa.”

Veja detalhes sobre isso em uma matéria do Painel Político: Clique Aqui.

Então, desaparecido um pouco da mídia, ele surgiu com o site Brasil364 que é um dos maiores opositores da direita, do atual presidente e seus aliados a nível local. Ele sempre publicava postagens contra o presidente - às vezes até ofensivas - e foi através de sua última polêmica, que Samuel conseguiu desta a nível nacional. Pronto. É o que ele queria desde o início.

Espertinho. Com isso, seus seguidores nas mídias sociais aumentam trazendo assim mais audiência para o seu site e melhorando ainda mais sua forma de arrecadação e o fazendo destaque em um nicho: 'os esquerdistas'.

Praticamente, essa prática é comum e tá ficando velha. Foi muito bem usada pelo MBL e continua sendo usada por uns ou outros que pretendem entrar na política. Dizendo que quem tá lá não presta e que eu vou expor tudo de errado.

E quase igual aquela frase: Eu não gosto do sistema, porque eu não faço parte.

Veja a coluna de Samuel Costa no EU IDEAL, clique aqui.