VEREADORES TEM O DEVER DE APROVAR LEI QUE PÕE NO FIM DA FILA QUEM QUISER ESCOLHER MARCA DE VACINA EM PORTO VELHO

A exemplo de outras cidades brasileiras, Porto Velho deve tomar medidas pra desincentivar ações que prejudiquem o Plano de Imunização contra a Covid-19.

Por Sidney Oliveira 08/07/2021 - 20:35 hs

A vacinação contra a Covid-19 está atrasada em todo o país, e a situação é muito pior em Rondônia que sempre configura como um dos estados que menos se vacina por mil habitantes. Contrastando isso somos o estado que mais morre usando a mesma métrica estatística. 


Influenciados por fake news de whatsapp, notícias falsas espalhadas por negscionistas, muitas pessoas tem se recusado a se vacinar por não haver o com a marca da sua preferência, como se vacina fosse algo que pode-se escolher como uma marca de sapatos.


A exemplo de Serrana no Estado de São Paulo, cidades com a vacinação avançada registram uma queda estrondosa em seus números de infectados e mortes. A cada vacina aplicada, é menos pressão no sistema de saúde, e mais rápido podemos retomar a vida cotidiana pré Pandemia.


Os vereadores de Porto Velho tem o dever de aprovar Lei municipal que coloca no final da fila de vacinação contra a Covid-19 os cidadãos que se recusarem a se vacinar em razão da marca do imunizante, podendo se vacinar só após o público de 18 anos.