Seja bem-vindo
Porto Velho,21/07/2024

  • A +
  • A -
Publicidade

Coluna Espaço Aberto

Apesar da data controversa a simbologia do Natal traz esperança de que devemos acreditar no verdadeiro Messias

Confira as notas do dia.


Apesar da data controversa a simbologia do Natal traz esperança de que devemos acreditar no verdadeiro Messias

NATAL

A maioria das pessoas associa o Natal a um evento comercial. Um momento de troca de presentes e comemoração pelo nascimento de Jesus Cristo. A questão é que a troca de mimos é tão controversa quanto a própria data do aniversariante.

 

MUNDO

Pelo menos um terço da humanidade - ou todos aqueles que são cristãos - comemora o nascimento de Jesus Cristo no Natal, dia 25 de dezembro. A verdade, no entanto, é que ninguém tem a mais vaga ideia de quando Cristo nasceu. 

DATA

Importante esclarecer também que Natal é uma palavra que vem do latim natalis, palavra derivada do verbo nascor, que quer dizer “nascer”. Por isso a comemoração do dia em que alguém nasceu. 

ORIGEM

A festa cristã do Natal foi estabelecida pelo papa Julio I, no ano de 350. Originalmente, a data servia à festa pagã romana anual de nascimento do Deus Sol, no solstício de inverno. Os cristãos associaram o Sol a Jesus e passaram a celebrar seu nascimento na data.

HIPÓTESES

A Bíblia não menciona a data do nascimento de Jesus e alguns historiadores, a partir de relatos bíblicos, acreditam que Jesus tenha nascido em abril. O que se celebra no Natal não é especificamente a data exata do nascimento de Jesus Cristo e sim a encarnação do Verbo Divino entre os homens.

COMEMORAÇÃO

A história do Natal enquanto festa comemorada tem muito a ver com o início do cristianismo. O apóstolo Paulo iniciou sua evangelização em meio a gentios, ou seja, a povos que não eram judeus.

ASSOCIAÇÃO

Os novos cristãos passaram a perceber associações entre as divindades romanas e as cristãs. Uma das festas comemoradas pelos romanos era Dies Natalis Solis Invictis, ou o Dia do Nascimento do Sol Invicto. 

ENTENDIMENTO

O adjetivo invicto dado ao sol remeteu os cristãos à Cristo, que não foi vencido pela morte. Assim, por associação, a vinda de Cristo passou a ser comemorada no dia 25 de dezembro.

SEM EMPOLGAÇÃO

Apesar da fama de profeta e Messias, Jesus veio ao mundo como um humilde camponês da Galileia, fato que não provocou muito alvoroço entre os letrados de seu tempo - únicas pessoas que seriam capazes de deixar registros históricos. 

DEDUÇÃO

Diante disso, é que o mais provável, segundo os estudiosos do tema, é que 25 de dezembro tenha sido a data escolhida para "aniversário" de Jesus por motivos simbólicos, não por corresponder ao dia de seu nascimento.

DEFESA

Uma das hipóteses com maior número de defensores entre os estudiosos do tema sugere que, em algum momento do século 4, a Igreja fixou a comemoração no dia 25 de dezembro com a intenção de associar ao  festival pagão do Sol Invicto, que ocorria mais ou menos na mesma época do ano e era pretexto para comilanças homéricas.

JÁ HAVIA COMEMORAÇÃO

Mesmo naquela época, comemorar o solstício não era nenhuma novidade. Essa data sempre foi simbolicamente associada a nascimento e renascimento. Babilônios, persas, egípcios, gregos, romanos... Todos esses povos criaram suas próprias homenagens ao deus Sol. 

SEPARAÇÃO

No período ninguém trabalhava, ofereciam-se presentes e visitavam-se os amigos. Segundo o professor de filosofia Gabriele Cornelli, para não entrar em conflito com essas tradições milenares, a Igreja decidiu fixar a celebração do nascimento de Jesus na mesma época do ano, ou seja no fim de dezembro. 

ESCRITOS

Há quem tente encontrar pistas do verdadeiro "aniversário" de Cristo nos Evangelhos, já que eles reconstituem sua trajetória com base em tradições orais. No Evangelho de Lucas, por exemplo, lê-se a famosa história dos pastores que, enquanto vigiavam rebanhos ao relento, foram avisados por anjos sobre o nascimento do Menino Jesus.

DÚVIDAS

Como dezembro é uma época fria demais na região de Belém, principalmente para ficar pajeando ovelhas durante a noite, alguns especuladores apostam em uma data de clima mais ameno - primavera, talvez abril. Poucos estudiosos, no entanto, acreditam que esses textos sejam confiáveis do ponto de vista histórico.

OUTRA POSSIBILIDADE

Um dos fatores que podem ter influenciado a Igreja quando ela fixou a comemoração do nascimento de Jesus no dia 25 de dezembro envolve cálculos sobre a concepção do Messias. Eruditos cristãos do século 3 especulavam, com base em complicadas contas feitas a partir de textos bíblicos, que o mundo deveria ter sido criado no dia 25 de março.

GESTAÇÃO

Faria sentido, portanto, que Jesus tivesse sido concebido nessa data, já que sua encarnação representava o recomeço de tudo. Contando 9 meses para frente (o tempo da gravidez de Maria), chegaram à provável data do nascimento: 25 de dezembro.

PAPAI NOEL

Impossível escrever sobre  Cristo e o Natal e não citar o “bom velhinho”.  O Papai Noel é uma das figuras lendárias mais emblemáticas do Natal. A sua origem está intimamente relacionada com a figura de São Nicolau de Mira, um bispo nascido na Turquia em 280 d.C. que ajudava as pessoas carentes. São Nicolau deixava moedas perto das chaminés dos menos favorecidos durante a noite.

LENDA

São Nicolau foi beatificado pela Igreja Católica por conta dos milagres que realizou. O mais conhecido é o pagamento dos dotes de três filhas de um casal pobre. Os pais das moças não tinham dinheiro para pagar o dote e casar as suas filhas, o que destinava a elas uma vida de prostituição. 

“PRESENTE”

Até que um dia apareceu na casa dessa família um saco contendo moedas de ouro e prata e as meninas tiveram, assim, o seu dote para o casamento. Há quem diga que não eram três filhas, mas apenas uma, e que vivia sozinha com o seu pai. Independente disso, o que importa não são os pormenores, mas o teor dessa história.

ANTERIOR

E antes mesmo de São Nicolau, há uma lenda vinculada à origem do Papai Noel, a lenda do Velho Inverno. Segundo ela, havia um velhinho que andava de casa em casa pedindo comida durante o inverno. Quem ajudava o senhor garantia um inverno agradável para a sua família.

decoração de natal – foto de Porto Velho Shopping - Tripadvisor

ÁRVORE

O Dia de São Nicolau é comemorado em 6 de dezembro, data de sua morte. Em virtude disso, muitas pessoas costumam montar as árvores de Natal nessa data. São Nicolau é o santo padroeiro da Rússia, da Grécia e da Noruega. Além disso, é considerado o padroeiro dos estudantes.

NOEL

O "bom velhinho", gordinho e simpático, representa o altruísmo e os sentimentos de bondade e gratidão que invadem os corações nessa altura festiva que celebra o nascimento do Menino Jesus.

COMO ESTÁ

Hoje, o Papai Noel tem uma longa barba branca e usa uma roupa vermelha com detalhes em branco. Possui um gorro vermelho e leva um cinto e botas pretas. Além disso, ele carrega um grande saco de presentes.

MUDOU

Mas nem sempre foi assim. As primeiras imagens do Papai Noel apresentavam um homem magro, outras se assemelhavam a um duende. E as suas roupas eram escuras, em tons de marrom e verde.

CRIAÇÃO

O cartunista alemão Thomas Nast (1840-1902) trabalhou durante anos no desenho do Papai Noel. Em uma delas, publicada na revista Harper's Weeklys, o Papai Noel se apresenta com  aspecto bem “desengonçado”. 

Ho Ho Ho: curiosidades sobre o bom velhinho – Revista Pepper

COMERCIAL

Foi somente em 1931, através de uma campanha publicitária da Coca-Cola que o Papai Noel ganhou o aspecto mais próximo do que conhecemos hoje. 

CURIOSIDADES SOBRE O NOEL

1. Na cultura americana, o Papai Noel mora no Polo Norte. Já na europeia, ele mora na Lapônia, Finlândia. Em Portugal, o Papai Noel é chamado de “Pai Natal”. Nos Estados Unidos, de Santa Claus.

FAMÍLIA

Reza a lenda que ele vive com sua mulher, a Mamãe Noel, alguns elfos e suas renas. Os elfos são entidades mágicas que auxiliam na fabricação dos brinquedos que serão entregues às crianças.

ONIPRESENTE

Uma pergunta muita curiosa presente no imaginário das crianças é: Como o Papai Noel consegue entregar todos os presentes na véspera de Natal? Segundo a lógica, o fato de existirem vários fusos horários faria com que ele ganhasse umas horinhas a mais e, com isso, entregaria tudo em 31 horas.

TIRA GOSTO

Há algumas variações da lenda e uma delas diz que o Papai Noel gosta de petiscar quando entrega os presentes. É por isso que muitas pessoas costumam deixar leite e bolachas para ele, e cenouras para as suas renas.

CAIXA POSTAL

Na Finlândia existe a aldeia do Papai Noel. Os adultos usam o seu endereço (Tähtikuja 1, 96930 Rovaniemi, Finlândia) para colocar nas cartas das crianças a fim de fazerem elas acreditarem que aí fica a casa do Papai Noel.

Vila do Papai Noel na Lapônia

Para alegrar ainda mais as crianças, o site do Comando de Defesa Aeroespacial da América do Norte (Norad) apresenta todos os anos a rota do Papai Noel. Assim, no dia 24 de dezembro, as crianças acreditam que conseguem saber por onde ele anda.

Fonte: Daniela Diana- Professora de Letras



COMENTÁRIOS

LEIA TAMBÉM

Buscar

Alterar Local

Anuncie Aqui

Escolha abaixo onde deseja anunciar.

Efetue o Login

Recuperar Senha

Baixe o Nosso Aplicativo!

Tenha todas as novidades na palma da sua mão.