Ex-vereador mata companheira, confessa crime e não vai preso

Segundo a polícia, não foi possível “configurar flagrante”

21/07/2021 - 20:24 hs
Foto: FsHH/Pixabay


O ex-vereador José Cavalcante Melo, o Dedé da Água, de 57 anos, esfaqueou a companheira, Juliana Maria da Silva, de 33 anos, durante uma briga de casal, na terça feira, 20. Ele confessou o crime, mas não foi preso por não “configurar flagrante”.

Crédito: Repprodução/TSE
Ex-vereador, ele confessou que matou a companheira



O crime aconteceu em Lagoa do Carro (PE), a 60 quilômetros do Recife. A vítima chegou a ser atendida e transferida para um hospital, mas não resistiu ao ferimento.

Dedé da Água, ao lado de dois advogados, se apresentou à delegacia.

“Foi instaurado o procedimento policial, mediante a expedição de portaria, tendo em vista apresentação espontânea do autor do delito, o que inviabiliza a lavratura do auto de prisão em flagrante”, informou a polícia por meio de nota.

A polícia investiga o caso como tentativa de feminicídio.

Juliana da Silva, a July Zumba, tentou uma vaga na câmara de Lagoa do Carro, em 2020, mas não conseguiu se eleger.

Catraca Livre