Homem é assassinado por ter sido confundido com estuprador

Jovens tentaram fazer “justiça com as próprias mãos”, mas mataram um inocente

24/08/2021 - 22:01 hs

Na madrugada do sábado, 21, um homem de 51 anos foi assassinado a golpes de barra de ferro no Tocantins por rapazes que suspeitaram que a vítima era um estuprador. Depois, eles atearam fogo na residência onde o crime foi cometido.

Polícia Civil, no entanto, afirmou que o homem assassinado não tinha envolvimento com estupro.

Crédito: Polícia Militar/Governo do TocantinsHomem é assassinado por ter sido confundido com estuprador

Dois jovens, de 20 e 21 anos, foram presos e um terceiro, de 25 anos, conseguiu fugir da polícia.

“Após identificá-los, foi realizada a prisão dos suspeitos de 21 e 20 anos, os quais confessaram o crime alegando que pretendiam se vingar de um estuprador, porém não sabiam que este estuprador já havia sido preso”, declarou o delegado Antônio Onofre Oliveira da Silva Filho ao G1.

Catraca Livre