Polícia confirma ter provas para prender Cristiano Ronaldo

Modelo acusa o atacante do Manchester United de violentá-la em 2009, em um quarto de hotel em Las Vegas. O atleta nega as acusações

17/02/2022 - 09:55 hs

Metrópoles - A polícia responsável por investigar Cristiano Ronaldo por um suposto estupro acreditava ter provas suficientes para acusar e prender o astro do futebol. Entretanto, segundo o jornal The Sun, a detenção foi barrada por um procurador distrital.

De acordo com os documentos obtidos pelo jornal britânico, as autoridades de Las Vegas teriam assinado um mandado de prisão para Ronaldo, mas Steve Wolfson, procurador distrital do condado de Clark, travou o pedido. Wolfson era a única pessoa que teria autoridade para decidir seguir com a detenção, mas recusou o pedido sem apresentar nenhuma explicação.

As informações das alegações só vieram a público agora. O caso também não é recente: Kathryn Mayorga acusa Cristiano Ronaldo de violentá-la em 2009, em um quarto de hotel em Las Vegas. O atleta nega as acusações e afirma que a relação sexual que teve com a modelo foi consensual.

Brasil247