Após 2 anos em hiato, Marcha para Jesus está de volta em Porto Velho

Com o tema “Ele Virá”, o evento acontece no dia 16 de junho e promete reunir milhares de fiéis. Evento não ocorria desde 2020 devido a pandemia.

03/05/2022 - 13:20 hs

A 28ª edição da Marcha Para Jesus promete reunir milhares de pessoas nas ruas de Porto Velho no dia 16 de junho, feriado de Corpus Christi. Considerado o maior evento cristão e popular do mundo, neste ano o tema será “Ele Virá”.

 

Organizada pelo COMEP – Conselho de Ministros Evangélicos de Porto Velho, a Marcha para Jesus é um evento pacífico que reúne todas as igrejas cristãs e é aberta a toda a população. O pastor presidente do COMEP, Malaquias Mota, fala da expectativa do Conselho: “Nossa expectativa como COMEP é de um novo tempo para nossa cidade. A Marcha tem uma graça de Deus para o céu se abrir e a bênção se estabelecer através da nossa oração e adoração. É poder orar juntos como igreja, como cristãos, como os que amam a Jesus, independente de raça, cor e placa de igreja”, diz o pastor.

 

Este ano a expectativa sobre o evento é ainda maior, pois o ajuntamento não acontece desde 2020, devido o isolamento da pandemia. Pastor Daniel Brasil, o coordenador da Marcha para Jesus, cita a importância da unidade da Igreja: “Sabemos das dificuldades que o mundo passou, que as famílias passaram nesse tempo. Foi um teste de paciência, fé e ousadia. E creio que em 2022 será muito impactante, pois as pessoas perceberam que precisam estar juntas, em unidade e comunhão. Isso gera fé, gera mais coragem e ousadia. Essa unidade da Igreja, em fé e oração, é mais que necessária, pois move o coração das pessoas. A unidade da Igreja traz a glória de Deus”, declara.

 

Todos os anos, pessoas de todas as idades e lugares de Porto Velho, e até de outras cidades, como Candeias do Jamari e distritos próximos, participam do evento em Porto Velho.

 

Marcha, patrimônio cultural de Rondônia

Em 2021, o vice-governador José da Jodan, no exercício de governador do Estado, sancionou a Lei 4.939, que incluiu a Marcha para Jesus como patrimônio cultural do Estado de Rondônia.

 

Evento oficial do Município de Porto Velho

A Marcha para Jesus faz parte do calendário cultural do município de Porto Velho desde 2003, quando a Lei Municipal nº 1512 foi sancionada pelo então prefeito Carlinhos Camurça. O evento conta com o apoio da prefeitura de Porto Velho e Funcultural.

 

Breve história

A Marcha para Jesus ocorreu pela primeira vez em Porto Velho em 1993, com a iniciativa de missionários da JOCUM junto com alguns pastores da cidade. Foram 300 pessoas reunidas na Av. 7 de Setembro.

 

Devido sua baixa expressão, ficou paralisada por alguns anos, sendo retomada de vez no ano 2000, sob direção dos Apóstolos Carlos Palheta (Shekinah) e Gustavo Mota (MIR). Naquele ano foram 1500 pessoas que se reuniram, proclamando o nome de Cristo, e desde então tem levantado milhares de cristãos, de todas as partes do estado.