Seja bem vindo
Porto Velho,11/08/2022

  • A +
  • A -
Publicidade

Jaqueline Cassol defende a construção de um Hospital Universitário na capital Porto Velho

Deputada conheceu os detalhes do projeto e defendeu investimentos na educação pública de Rondônia.


Jaqueline Cassol defende a construção de um Hospital Universitário na capital Porto Velho


Em encontro com o vice-reitor da Universidade Federal de Rondônia (Unir), José Juliano Cedaro, a deputada federal Jaqueline Cassol (Progressistas) conheceu os detalhes do projeto do hospital universitário que deverá ser implantado em Porto Velho. A reunião aconteceu na última terça-feira (31).

O custo total do projeto está orçado em aproximadamente R$ 200 milhões de reais e pode ser construído em duas etapas. Na primeira etapa o valor fica em aproximadamente R$ 100 milhões e a proposta está definida com base em projetos já executados em outros Estados.

O projeto já havia sido apresentado à deputada no início deste ano pela reitora da UNIR, Marcele Pereira, em Brasília, onde foram discutidas formas de viabilização dos recursos para o início do projeto.

Com uma atuação voltada para melhorias no sistema educacional, Jaqueline Cassol se prontificou em ajudar e abraçou o projeto.

“Me comprometo em colocar uma emenda de bancada de R$ 30 milhões de reais para o início das obras. Se a cada ano for colocado uma emenda nesse valor, em três anos a primeira etapa do hospital estará concluída e em funcionamento”, afirmou a deputada.

Rondônia é o único estado brasileiro que não possui um Hospital Universitário.

“Temos uma Universidade Federal com os melhores profissionais do país, administrada com pulso firme pela professora Marcele, precisamos implantar urgentemente o hospital universitário ligado ao SUS, para que a população da Capital e do nosso Estado tenha mais uma opção de atendimento e para que o hospital seja um centro de referência na formação de novos profissionais, através do programa de residência médica e de desenvolvimento de pesquisas e tecnologias para a área da saúde”, defendeu a parlamentar.

No dia 1° de julho, uma sexta-feira, a Unir realizará uma audiência pública em Porto Velho, com a sociedade e representantes dos Poderes Executivo e Legislativo, municipal e estadual, para apresentar o projeto e discutir formas de viabilizar a execução do projeto.

RECURSOS JÁ DESTINADOS PARA A UNIR

Jaqueline Cassol é uma defensora do ensino público gratuito e de qualidade, durante seu mandato tem destinado recursos, desde a educação infantil ao ensino superior. Durante os três anos de mandato já destinou mais de R$ 35 milhões de reais para a educação. A UNIR recebeu mais de R$ 5 milhões, para investir em custeio, infraestrutura e equipamentos.

Veja abaixo onde foram aplicados os recursos:

UNIR – Investir em todos os campus R$ 2.600.000,00 para a reestruturação e modernização das estruturas.

CAMPUS PORTO VELHO – R$1.000.000,00 para investimentos em informática, na modernização do datacenter, que administra todos os sistemas da Universidade, principalmente o Ensino Remoto.

CAMPUS DE CACOAL – R$350.000,00 Para aquisição de computadores para implantação do laboratório de informática, para atender o curso de engenharia e outros R$600.000,00 para a conclusão das obras do espaço multifuncional.

CAMPUS DE ROLIM DE MOURA – R$500.000,00 para a conclusão do restaurante universitário e ampliação do parque de computadores.

CAMPUS DE GUAJARÁ-MIRIM – R$400.000,00 para custear as despesas do Campus, tais como despesas dos laboratórios, das áreas de esporte, trilhas etc.

CAMPUS DE VILHENA  IMPLANTAÇÃO DO CURSO DE DIREITO
Depois de várias idas e vindas ao Ministério da Educação, o ministro Victor Godoy garantiu para a deputada Jaqueline Cassol na última audiência, realizada no dia 18 de maio, que o processo está em fase final de tramitação. Para que a implantação do curso de direito no Campus de Vilhena (RO), no Cone Sul de Rondônia, se torne realidade e entre em
funcionamento basta o Ministério da Economia liberar os códigos de vagas para a contratação dos professores do curso de direito e o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) fazer uma vistoria no Campus para verificar as condições de infraestrutura.

A parlamentar rondoniense tem percorrido a esplanada dos ministérios para acelerar essa aprovação junto aos órgãos competentes.

“Estamos acompanhando todos os passos do processo de implantação e esperamos que em breve se concluam os trâmites burocráticos e a Unir possa estar disponibilizando as vagas de direito para os alunos de Vilhena e de todo o Cone Sul. A minha bandeira na educação é para que tenhamos uma educação gratuita de qualidade e a cada dia que passa, precisamos aumentar as opções de cursos e vagas para que os jovens busquem uma formação de ensino superior, consigam realizar seus sonhos e entrar no mercado de trabalho” defende Jaqueline Cassol.

BOLSA PERMANÊNCIA ESTUDANTIL

A deputada Jaqueline Cassol tem reivindicado junto ao Ministério da Educação o aumento do número de Bolsas Permanência Estudantil repassadas para a Unir, aos estudantes indígenas e quilombolas, bem como para reabrir a concessão de bolsas para estudantes em geral com renda familiar não superior a um salário mínimo e meio.

“Devido a pandemia e a suspensão das aulas presenciais, houve uma drástica diminuição na quantidade de bolsas cedidas à Universidade de Rondônia, impactando diretamente, em aproximadamente 400 estudantes indígenas e quilombolas que já estavam estudando, bem como para os estudantes que estão iniciando e não tem condições financeiras de se manter matriculados”, argumentou a parlamentar.

O ministério da Educação se comprometeu em rever esse quantitativo e aumentar o número de bolsas para Rondônia.

 

Fonte: Assessoria de Imprensa



COMENTÁRIOS

Buscar

Alterar Local

Anuncie Aqui

Escolha abaixo onde deseja anunciar.

Efetue o Login