Seja bem vindo
Porto Velho,30/09/2022

  • A +
  • A -
Publicidade

Região do Vale do Jamari sai fortalecida nos 4 anos do Mandato de Resultados do senador Confúcio Moura

Região do Vale do Jamari sai fortalecida nos 4 anos do Mandato de Resultados do senador Confúcio Moura


Região do Vale do Jamari sai fortalecida nos 4 anos do Mandato de Resultados do senador Confúcio Moura


Dos mais de R$ 186 milhões destinados ao estado de Rondônia pelo senador Confúcio Moura, em Emendas Parlamentares, para o estado de Rondônia, R$ 54 milhões foram alocados na Região do Vale do Jamari

Ao fazer um balanço parcial das conquistas de sua atuação parlamentar, o senador Confúcio apresentou números expressivos e convincentes de que o Mandato de Resultados tem produzido impactos positivos na vida da população de Rondônia. Isso é ainda mais evidente quando se olha os números relacionados à Região do Vale do Jamari. De fato, dos R$ 186 milhões, a Região foi contemplada com R$ 54 milhões, o que representa 29% do total. O município de Ariquemes recebeu R$ 38,2 milhões. Isto é tão mais relevante por se tratar do município-polo e de economia com maior dinamismo, além de ser o terceiro em população do estado.

No geral, os recursos foram distribuídos pelas seguintes áreas: R$ 99,8 milhões para a área de saúde, com maior volume destinado à Atenção Básica; R$ 25,6 milhões para a área da educação, onde o senador concentra maior atenção; R$ 28,4 milhões para a área de tecnologia. Ressalte-se, neste último ponto, que foram destinados R$ 1,65 milhões para atender comunidades remotas e excluídas do estado com acesso à internet, numa demonstração cabal de que o senador vê a inclusão digital como importante para a inclusão e o desenvolvimento.

Ariquemes, cidade pujante, preparando-se para o futuro

Terceira maior população do estado, atrás apenas de Porto Velho e Ji-Paraná, Ariquemes possui hoje 101,1 mil habitantes vindos de diferentes regiões brasileiras. Com renda per capita (por habitantes) de R$ 20,6 mil (IBGE), Ariquemes cresce e diversifica sua economia, agora incorporando o setor de prestação de serviços com muita intensidade.

A pujança do município teve início há muito tempo. Quando prefeito de Ariquemes, Confúcio Moura obteve um honroso 2º lugar em arrecadação no estado. Em sua administração, a cidade recebeu vários prêmios ao realizar projetos inovadores, obtendo reconhecimento em Rondônia, no País e até no exterior.

Foi dele a criação e funcionamento exitoso do Banco do Povo de Rondônia, por exemplo. A iniciativa utilizou os mesmos princípios do Grameen Bank, fundado pelo economista e Prêmio Nobel de Economia em 2006, Muhammad Yunus, de Bangladesh, reconhecido no mundo por “distribuir dinheiro aos pobres”. O Banco do Povo de Rondônia nasceu em Ariquemes para apoiar projetos de pequenos comerciantes, vendedores autônomos, donos de oficinas mecânicas, bicicletarias, pequenos distribuidores de gêneros alimentícios, indústrias de panificação e até vendedoras de perfumes e roupas (sacoleiras) que, pela primeira vez na história do estado, tiveram acesso ao crédito e puderam conquistar freguesia na região do Baixo Madeira e no Vale do Jamari. Além disso, o Banco do Povo alcançou os agricultores familiares e, junto com eles, vieram centenas de agroindústrias.

Em Ariquemes, no período em que foi prefeito, Confúcio Moura iniciou o atendimento médico domiciliar e, quando assumiu o governo do Estado, ampliou o projeto para Porto Velho. O ex-secretário estadual de saúde, Williames Pimentel, lembrava, em 2016, que nem todas as capitais conseguiram implementá-lo pelo SUS. De lá para cá, em média, trezentas pessoas acometidas de várias doenças são atendidas regularmente.

O Mandato de Resultados como foco da atuação parlamentar

Denominando sua atuação parlamentar como Mandato de Resultados, o senador listou as conquistas obtidas pelo povo de Rondônia, classificando-as por região do estado, numa demonstração clara de que o seu mandato é para todo o estado – do mesmo modo como atuou quando foi governador. Veja abaixo como estão distribuídos os recursos de suas emendas:

  • Região de Porto Velho, mais de R$ 26 milhões
  • Região do Vale do Mamoré, mais de R$13 milhões
  • Região de Ji-Paraná e Ouro Preto do Oeste, aproximadamente R$ 15 milhões
  • Região do Cone Sul, mais de R$ 17 milhões
  • Região do Rio Machado, aproximadamente R$ 11 milhões
  • Região de Jaru, aproximadamente R$ 12 milhões
  • Região do Rio da Zona da Mata, aproximadamente R$ 29 milhões 
  • Região da 429, aproximadamente R$ 9 milhões

A distribuição por município na Região do Vale do Jamari

Na Região do Vale do Jamari a divisão pelos nove municípios ficou assim:

  •  Ariquemes R$ 38,22 milhões
  •  Alto Paraíso, R$ 1,54 milhão
  •  Buritis, R$ 3,96 milhões
  • Campo Novo de Rondônia, R$ 2,43 milhões
  • Cacaulândia, R$ 449,8 mil
  • Cujubim, R$ 904,5 mil
  • Machadinho D’Oeste R$ 5,35 milhões
  • Monte Negro, R$ 2,40 milhões
  • Rio Crespo, R$ 971,8 mil



COMENTÁRIOS

Buscar

Alterar Local

Anuncie Aqui

Escolha abaixo onde deseja anunciar.

Efetue o Login