Seja bem vindo
Porto Velho,04/12/2022

  • A +
  • A -
Publicidade

Com medo de possível guerra de facções, até faculdade suspende aulas na capital


Com medo de possível guerra de facções, até faculdade suspende aulas na capital

Uma possível guerra de facções, com invasões de condomínios populares da zona leste de Porto Velho tem gerado pânico na cidade desde a manhã desta segunda-feira (26).


Em áudios atribuídos a líderes de facções criminosas há avisos sobre uma união de líderes de facção do residencial Orgulho do Madeira para invadir o também residencial Morar Melhor.

Em um dos áudios, um suposto líder também dá um recado para motoristas de aplicativos baixarem os vidros dos veículos assim que entrar no Orgulho do Madeira.

Outros áudios garantem que haveria um banho de sangue na capital como forma de vingança a membros de facção que teriam sido mortos por inimigos.

A situação levou o centro universitário São Lucas, na região central da capital, a suspender as aulas após o primeiro tempo da noite, segundo confirmou o RONDONIAGORA com acadêmicos.

O jornal apurou que a PM faz policiamento normal na cidade.

Em nota, a Sesdec diz que determinou o uso de helicóptero como apoio ao trabalho ostensivo. Disse ainda que já identificou autores da onde de assassinatos de membros de facções. Veja:

Nota de Esclarecimento

A Secretaria de Estado da Segurança, Defesa e Cidadania (Sesdec) esclarece que a Polícia Judiciária Civil, por meio da Delegacia Especializada em Repressão a Homicídios, já identificou os  possíveis autores envolvidos nos crimes contra a vida que foram cometidos em Porto Velho, especialmente nos meses de agosto e setembro do ano corrente, tendo como envolvidos integrantes de grupos criminosos. Várias das vítimas possuíam passagens pela polícia por envolvimento com o crime.

Destaque-se ainda que há um direcionamento de ações ostensivas, principalmente pela Polícia Militar, para atuação nos locais mais deflagrados, com pontos de bloqueios, abordagens em bares, buscas pessoais, visando a prisão de foragidos da justiça, apreensão de armas e veículos produtos de crime utilizados pelos criminosos.

Ademais, o policiamento aéreo, pelo Núcleo de Operações Aéreas da Sesdec foi acionado como um apoio incisivo ao policiamento ostensivo, visando o combate ao crime.

Rondoniagora 




COMENTÁRIOS

Buscar

Alterar Local

Anuncie Aqui

Escolha abaixo onde deseja anunciar.

Efetue o Login