Seja bem vindo
Porto Velho,04/12/2022

  • A +
  • A -
Publicidade

Para ministros do STF, Bolsonaro tem medo de ser preso se apoiar abertamente atos golpistas

Com ao menos 10 pendências no TSE, Bolsonaro também teme ficar inelegível. Para ministros, ele deve se pronunciar após entrega do relatório do PL sobre urnas eletrônicas, que deve ser protocolado nesta terça.

Fonte: Revista Fórum
Para ministros do STF, Bolsonaro tem medo de ser preso se apoiar abertamente atos golpistas Créditos: Clauber Cleber Caetano/PR

O medo de ser preso ou tornar-se inelegível é a razão do silêncio de Jair Bolsonaro (PL) diante dos atos golpistas promovidos por apoiadores radicais. Isso é o que pensam os ministros do Supremo Tribunal Federal (STF), segundo informações de Bela Megale, na edição desta terça-feira (22) do jornal O Globo.

Com ao menos 10 pendências na corregedoria do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Bolsonaro estaria com medo de se tornar inelegível pelos próximos 8 anos, o que lhe tiraria quaisquer perspectivas de liderar a oposição ao governo Lula (PT) para tentar novamente a eleição presidencial em 2026.

Segundo a jornalista, Bolsonaro também teria confidenciado a pessoas próximas que teme ser até mesmo preso.

A aliados dentro da corte - Bolsonaro nomeou o "terrivelmente evangélico" André Mendonça e Kássio Nunes Marques -, o presidente estaria evitando falar das eleições.

No entanto, a assessores próximos ainda tem se mostrado inconformado com a derrota para Lula nas urnas e coloca a "culpa" no TSE, presidido por Alexandre de Moraes.

A expectativa na corte é que Bolsonaro volte a quebrar o silêncio após a entrega pelo PL, seu partido, do relatório sobre as urnas eletrônicas, que deve ser protocolado por Valdemar da Costa Neto, presidente da sigla, nesta terça (22).





COMENTÁRIOS

Buscar

Alterar Local

Anuncie Aqui

Escolha abaixo onde deseja anunciar.

Efetue o Login