Seja bem vindo
Porto Velho,02/02/2023

  • A +
  • A -

Em apenas 4 anos, pai perde os 3 filhos para o câncer

Regis Mota também enfrenta a doença

Fonte: No Amazonas é Assim
Em apenas 4 anos, pai perde os 3 filhos para o câncer

O economista Regis Feitosa Mota, 52 anos, de Fortaleza (CE), perdeu seus três filhos para o câncer em um intervalo de quatro anos. Beatriz, Pedro e Ana Carolina faleceram vítimas da doença que o próprio pai enfrenta.

Nos últimos 13 anos, a família Mota recebeu mais de dez diagnósticos de câncer. Ana Carolina foi a primeira a adoecer; em 2009, aos 12 anos ela foi diagnosticada com leucemia linfocítica aguda. Fez o tratamento e ficou curada.

Anos depois, o pai teve câncer de mama ao mesmo tempo que sua esposa. Mais à frente, ele descobriu vários nódulos pequenos no pescoço, na axila e no abdômen. Após muitos exames ele descobriu que tinha leucemia linfocítica crônica. Doença que ele trata até hoje.

Em 2016, o segundo filho de Mota, Pedro, descobriu um osteossarcoma na perna esquerda. Nos anos seguintes, a doença se espalhou para outras partes do corpo, como pulmão e coluna vertebral.

A filha caçula, Beatriz, de outro casamento, descobriu aos 9 anos que tinha a mesma doença da irmã. Um ano depois, a pequena não suportou e faleceu.

Pedro também teve complicações com a doença e foi a óbito em 2020.

Esta semana, Regis enterrou sua filha mais velha, Ana, que chegou a se recuperar da doença, se formou em Medicina, mas voltou a adoecer e não resistiu.

Pelas redes sociais, o homem se despediu da filha e agradeceu o carinho de todos que acompanham ele e sua luta contra a doença.

ALTERAÇÃO GENÉTICA

Regis descobriu que é portador da Síndrome Li-Fraumeni uma alteração genética que passou para os seus três filhos.

Todos eles sabiam da origem da doença e nunca culparam o pai por isso.




COMENTÁRIOS

Buscar

Alterar Local

Anuncie Aqui

Escolha abaixo onde deseja anunciar.

Efetue o Login