Seja bem-vindo
Porto Velho,30/05/2024

  • A +
  • A -
Publicidade

FBI suspeita que TikTok pode estar sendo usado para espionagem pela China; Biden analisa banir app dos EUA

Biden diz não saber se banirá TikTok e garante não ter o app


FBI suspeita que TikTok pode estar sendo usado para espionagem pela China; Biden analisa banir app dos EUA Casa Branca/Reprodução
Publicidade

Nesta segunda-feira (6), o presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, disse que ainda não tomou uma decisão sobre a proibição do uso do TikTok, de propriedade da empresa chinesa ByteDance. O democrata garantiu que não possui o aplicativo em seu telefone.

– Não sei, mas sei que não tenho no meu celular – afirmou Biden.

A declaração foi em resposta a perguntas da imprensa, que foram feitas quando Biden chegou à Casa Branca, após passar o final de semana na residência presidencial de Camp David, em Maryland.

O uso do TikTok é proibido em dispositivos móveis usados ​​por funcionários do governo; inclusive, os utilizados ​​pelo presidente.

Em dezembro, o Congresso americano aprovou uma lei nesse sentido, mas vários legisladores democratas e republicanos querem ir além, sugerindo que o aplicativo deveria ser totalmente banido do país, para que os americanos não possam baixá-lo ou receber atualizações.

O FBI também levantou preocupações de que o TikTok possa ser usado por Pequim para espionagem, já que o aplicativo pertence a uma empresa chinesa.

A China tem leis de segurança que podem forçar as empresas de tecnologia a compartilhar dados com seus serviços de inteligência, mas o TikTok e outras empresas garantem que essas preocupações são absurdas e que os dados estão seguros com eles.

Localmente, alguns estados como Alabama, Virgínia e Tennessee restringiram o uso do TikTok em instituições governamentais, enquanto territórios como Indiana entraram com ações judiciais contra a ByteDance por supostamente permitir a espionagem chinesa.

O governador do Texas, o republicano Greg Abbott, anunciou, na segunda-feira, um novo plano para proibir o uso do TikTok nos dispositivos de todos os funcionários que trabalham para o estado, incluindo aqueles que trabalham como contratados, em mais um passo nas restrições anunciadas nos últimos meses.

O ex-presidente Donald Trump chegou a tentar impor um veto ao TikTok. Depois de uma longa batalha legal, o plano não se concretizou.

O TikTok tem mais de 80 milhões de usuários nos Estados Unidos e em pouco tempo se tornou uma das redes sociais mais populares do mundo, principalmente entre os adolescentes.

*EFE

Publicidade



COMENTÁRIOS

Buscar

Alterar Local

Anuncie Aqui

Escolha abaixo onde deseja anunciar.

Efetue o Login

Recuperar Senha

Baixe o Nosso Aplicativo!

Tenha todas as novidades na palma da sua mão.