Seja bem-vindo
Porto Velho,21/07/2024

  • A +
  • A -
Publicidade

Dólar abre em leve queda nesta sexta-feira

noticiasaominuto.com.br
Dólar abre em leve queda nesta sexta-feira


SÃO PAULO, SP (FOHAPRESS) - O dólar abriu em leve queda nesta sexta-feira (2) após ter registrado queda na véspera com otimismo sobre o PIB brasileiro e o avanço do acordo para suspender o teto da dívida dos Estados Unidos no Congresso americano.



Publicidade
Investidores aguardam nesta manhã a divulgação de dados sobre emprego dos EUA em maio, que podem mostrar se há espaço para que o Fed (Federal Reserve, o banco central americano) promova uma pausa na subida de juros em sua próxima reunião.


Às 9h03 (horário de Brasília), o dólar à vista recuava 0,24%, a R$ 4,9951 na venda, a caminho de alta semanal. Na B3, às 9h03 (horário de Brasília), o contrato de dólar futuro de primeiro vencimento caía 0,47%, a R$ 5,0205.


A Bolsa brasileira teve alta e o dólar registrou queda na quinta-feira (1°) após a divulgação do PIB do primeiro trimestre do Brasil, que teve desempenho acima do esperado.


A aprovação do projeto que suspende o teto da dívida dos Estados Unidos na Câmara dos Deputados americana também auxiliou o ambiente de negócios, puxando o dólar para baixo e impulsionando os índices de ações do exterior.


Com isso, o Ibovespa fechou em alta de 2,06%, a 110.564 pontos, quebrando uma sequência de quedas registradas desde o início da semana. O dólar, por sua vez, caiu 1,34% e chegou a R$ 5,006.


Os mercados de juros futuros registraram leve queda nesta quinta. Os contratos com vencimento em janeiro de 2024 foram de 13,21% para 13,19%, enquanto os para 2025 caíram de 11,47% para 11,44%.


Na Bolsa, altas de Petrobras e Vale deram força ao Ibovespa, com ganhos de 3,22% e 2,12%, respectivamente.


As maiores altas do dia foram de Locaweb (11,88%), B3 (7,36%) e Magalu (6,84%).


Puxaram o Ibovespa para baixo, porém, quedas do setor de energia, com Energisa, Equatorial e CPFL caindo 3,15%, 0,88% e 1,08%, respectivamente.


No exterior, os índices acionários também auxiliaram o Ibovespa, com otimismo após o projeto que suspende o teto da dívida americana de US$ 31,4 trilhões ter sido aprovado por parlamentares na quarta-feira (31).


O texto contou com o apoio de democratas e republicanos e seguirá para o Senado, que precisa aprovar a medida antes da próxima segunda-feira (5), prazo estabelecido pelo Tesouro para honrar o pagamento das dívidas na situação atual.


Com isso, o Dow Jones, o S&P 500 e o Nasdaq subiram 0,47%, 0,99% e 1,28%, respectivamente.


A aprovação do projeto de lei sobre a dívida também apoiou a queda do dólar no exterior. O índice DXY, que mede o desempenho da moeda americana ante outras divisas fortes, teve queda de 0,74% na quinta.


Leia Também: Volkswagen desiste de suspender contratos de 800 trabalhadores em Taubaté (SP)





COMENTÁRIOS

Buscar

Alterar Local

Anuncie Aqui

Escolha abaixo onde deseja anunciar.

Efetue o Login

Recuperar Senha

Baixe o Nosso Aplicativo!

Tenha todas as novidades na palma da sua mão.