Seja bem-vindo
Porto Velho,21/07/2024

  • A +
  • A -
Publicidade

City perde aproveitamento de 100% e sofre derrota para o Wolverhampton no Inglês

noticiasaominuto.com.br
City perde aproveitamento de 100% e sofre derrota para o Wolverhampton no Inglês

O ótimo aproveitamento de 100% do Manchester City no Campeonato Inglês chegou ao fim neste sábado. A equipe do técnico Pep Guardiola foi derrotada pelo Wolverhampton por 2 a 1 e sofreu o seu primeiro revés na sétima rodada do torneio. Um gol contra de Rúben Dias e outro do coreano Hwang Hee-Chan deram a vitória aos donos da casa. Julián Álvarez, de falta, descontou.

Publicidade
O resultado mantém o City na parte de cima da tabela com 18 pontos. Já Wolverhampton, com o triunfo conquistado, consegue dar um salto na tabela. O triunfo coloca o time na 13ª colocação: sete pontos.

O Manchester City iniciou o duelo com foco total no ataque. Com cinco minutos de jogo, o atual campeão inglês já tinha criado três chances claras para abrir o marcador, mas os atacantes falharam no momento de definir o lance.

Apesar do ímpeto ofensivo, quem acabou abrindo o placar aos 13 minutos foram os donos da casa. Pedro Neto entrou driblando e tocou para o meio da área. Na tentativa de fazer o corte, o zagueiro Rúben Dias se complicou e chutou contra as próprias redes fazendo um gol contra.

Com a vantagem, o Wolverhampton se fechou e dificultou as penetrações do Manchester. Mesmo com mais posse de bola e controle da partida, o City pouco criou depois de ficar em desvantagem. A chance mais perigosa foi uma finalização de Aké da pequena área aos 26 minutos.

O City voltou para o segundo tempo forçando as jogadas ofensivas e chegou ao empate em um lance de bola parada. Oscar Bobb sofreu falta do ex-flamenguista João Gomes e Julián Álvarez empatou em bela cobrança: 1 a 1, aos 12 minutos.

A pressão por parte do Manchester aumentou, Foden perdeu grande oportunidade em cabeçada, mas quem voltou a gritar gol foi a torcida da casa. Semedo cruzou, a zaga rebateu, Matheus Cunha ajeitou, e Hwang Hee-Chan fez 2 a 1 para o Wolverhampton, aos 21 minutos.

A partida voltou a ser um duelo de ataque contra defesa por parte do City, que apesar de pressionar o rival, pouco conseguiu criar de efetivo para empatar o confronto. Na defesa, o Wolverhampton bloqueou o rival e garantiu a vitória jogando em seus domínios.

Nos outros jogos que completaram a rodada, o Aston Villa goleou o Brighton por 6 a 1. Com menos de meia hora de jogo, o time da casa já tinha a vantagem de 3 a 0 com gols de Matty Cash, Ollie Watkins e Estupinan marcando contra. Na volta do intervalo, Ansu Fati descontou, mas os donos da casa seguiram implacáveis e marcaram mais três vezes com McGinn, Jacob Ramsey e Douglas Luiz.

O Arsenal visitou o Bournemouth e conseguiu uma vitória tranquila de 4 a 0. Bukayo Saka de cabeça e Martin Odegaard, de pênalti, construíram a vantagem no primeiro tempo. Na volta do intervalo, Havertz, também cobrando penalidade, e White, de cabeça, definiram o placar. O Everton jogou diante de seus torcedores, mas acabou amargando uma derrota de 2 a 1 para o Luton. Tom Lockyer e Carlton Morris marcaram para os visitantes e Calvert-Lewin diminuiu.

O Manchester United enfrentou o Crystal Palace e perdeu por 1 a 0 mesmo jogando em casa. O único do confronto foi marcado por Joachim Andersen ainda no primeiro tempo. O Newcastle bateu o Burnley por 2 a 0, gols de Almiron e Alexander Isak, enquanto o West Ham repetiu o placar no triunfo sobre o Shefield United. Bowen e Michail Antonio anotaram para os donos da casa.




COMENTÁRIOS

Buscar

Alterar Local

Anuncie Aqui

Escolha abaixo onde deseja anunciar.

Efetue o Login

Recuperar Senha

Baixe o Nosso Aplicativo!

Tenha todas as novidades na palma da sua mão.