Seja bem-vindo
Porto Velho,17/07/2024

  • A +
  • A -
Publicidade

Urbano Norte paga caro: Professora discriminada por motorista ganha indenização da empresa

Rondoniaovivo
Urbano Norte paga caro: Professora discriminada por motorista ganha indenização da empresa Instagram de Iule Vargas e divulgação de Urbano Norte / Colagem Rondoniaovivo
Publicidade

Iule Vargas, professora do ensino superior e pré-candidata a vereadora em Porto Velho pelo REDE/PSOL, enfrentou uma situação de constrangimento e discriminação em novembro de 2023, quando uma motorista de aplicativo da Urbano Norte se recusou a atendê-la adequadamente devido às suas necessidades especiais. Iule, que na época se recuperava de uma cirurgia no fêmur necessária para tratar um câncer e estava usando muletas, pediu para sentar no banco do carona devido à sua condição, mas teve a corrida cancelada pela motorista com a justificativa de que “cada um tem seus problemas”.

Publicidade



O caso, que ganhou visibilidade após ser divulgado por Iule nas redes sociais, chegou ao Ministério Público do Estado de Rondônia. Na quinta-feira (27), foi concluído com uma vitória para Vargas. A Urbano Norte concordou em pagar uma indenização extrajudicial pelos danos morais sofridos, além de cobrir as despesas de deslocamento para tratamento de saúde durante um mês.




Além da compensação financeira, a Urbano Norte se comprometeu a implementar uma série de medidas afirmativas dentro da empresa. Isso inclui a criação de um programa de 'compliance', que funcionará como um guia de ética e disciplina empresarial, e a elaboração de um plano de ação para reforçar políticas positivas para motoristas que atendam passageiros LGBTQIA+ e com necessidades especiais, como idosos e pessoas com deficiência.

Iule expressou alívio e satisfação com a decisão e destacou a importância de abordar as condições de trabalho dos motoristas de aplicativo. “Fiquei muito feliz com a decisão. É importante destacar que isso é uma pauta nacional, em virtude de que os motoristas não são regidos pela CLT, mas por um ‘contrato de regimento interno’. Eles também são prejudicados por isso”, comentou Vargas.




COMENTÁRIOS

Buscar

Alterar Local

Anuncie Aqui

Escolha abaixo onde deseja anunciar.

Efetue o Login

Recuperar Senha

Baixe o Nosso Aplicativo!

Tenha todas as novidades na palma da sua mão.