Coronavírus: vencer ou morrer!

25/03/2020 - 17:36 hs
Foto: Dr Thiago Americo
Coronavírus: vencer ou morrer!
Dr Thiago Americo

Desde 1945, jamais pensaríamos que o mundo chegasse ao ponto de STOP, vírus sorrateiro e de tão fácil contágio, Covid19 infeccioso e letal o novo Corona Vírus, vírus este que parou a economia mundial, que apartou abraços e apertos de mãos , que apartou as pessoas mais vulneráveis e suscetíveis a doença, em  “esse momento de crise global”, o que podemos esperar? 


Com esta pandemia junto com a “ doença “ vem a histeria, o pânico, o medo de toda uma democracia e sociedade organizada vir a baixo.   O que esperar dos nossos Governantes? por parte dessa impactante  bomba surreal e verídica que estamos vivenciando em pleno século XXI.       


Vale sempre lembrar temos uma economia crescente, forte e consolidada somos uma potência mundial, com um PIB de R$ 6,9 trilhões nos últimos dados de 2018, mas a saúde tem que estar em primeiro lugar? a resposta é sim! sempre, haja o que houver, sem a saúde não temos contribuintes, não temos produção, não temos renda, então que “ sinuca de bico”  entramos? Com as pessoas em quarentena “ total”, a média do ápice econômico é ceder e cair bruscamente, mas  o país é um Brasil rico O PIB rural equivale a 21% do PIB brasileiro, e o Agro não parou, as indústrias deram uma freada que podemos sentir esse impacto brevemente, qual seria a solução? Estamos entre a cruz e a espada; se guardar e poder esperar um caos, ou enfrentar o risco de ser infectado VENCER OU MORRER?


É um diagnóstico complexo e cheio de detalhes, que não pode sair em questão de minutos, vamos estudar o caso, existe evidências que o vírus pode matar, como já matou milhares na Europa e em cada pedaço deste planeta, estudos que estão sendo feitos em tempos hábeis, mostram que o vírus é letal em indivíduos, idosos e com doenças crônicas, e o indivíduo que não sabe que sofre de alguma doença?  Sendo jovem ou não, milhares de pessoas que sofrem de patologias de vias aéreas como uma simples asma?! Estão em risco...Este é o X da questão, um dia seremos idosos, um dia iremos adquirir alguma doença ou não, o querer não vai de encontro com a vontade de Deus ou com a fisiologia humana, as soluções de terapia e tratamentos estão sendo conclusivas para uma possível saída, até antes da vacina, os EUA vem desempenhando um papel extraordinário para o planeta para salvar vidas, e o Brasil vai de encontro com as coerências Norte Americana, o presidente da república Jair Bolsonaro, no seu íntimo tem falas acertadas e conclusivas, que não podemos parar tudo, se pararmos tudo, não tem oxigenação da máquina pública, e precisamos dela para salvar vidas, podemos ver uma luz no fim do túnel, no tocante ao tratamento do Covid19, voltemos para realidade, mais de 200 milhões de brasileiros, infelizmente não tem como parar, ainda existe uma classe que deve ter um olhar especial da população e do poder público, que são os pobres deste país, como tem em qualquer outra nação, pessoas que vivem do pequeno comércio, e de pequenas vendas para poder sobreviver, famílias em pequenas habitações onde ficam amontoados, e se não trabalharem não tem o pão na mesa, o risco é grande, não é uma “ gripisinha simples “ como muitos dizem, mas decisões democráticas e fundamentadas, junto com bom senso, tem que serem tomadas. 


Além da doença temos que pensar na economia para pagar aposentados, funcionários públicos, o erário não pode parar, e é verdadeiramente uma máquina pública, que tem engrenagens, onde se não entra o real, não tem como ser pago. Claro, novamente somos um país riquíssimo, e que podemos segurar tudo isso por bastante tempo, porém todo poço seca, devemos acreditar e confiar em Deus, e que milhares de pessoas serão imunizadas  naturalmente e não apresentarão nenhum sintomas da doença, como outras diversas doenças que já apareceram e sobrevivemos, nesse pequeno artigo sucinto e objetivo, após colher depoimentos de colegas formadores de opiniões, tais como jornalistas, médicos, professores, empresários e artistas, podemos deixar as seguintes sugestões de plano de contingência.


* Data X para o fim de quarentena social. E o retorno imediato de todas as rotinas.

* Quarentena total para idosos e crianças e indivíduos de risco.

* indivíduos com doenças crônicas com mais de 35 anos, funcionários públicos ou privados, trabalharem  de suas residências, até últimas decisões.

* Hospitais especializados apenas para o Covid19 Novo Corona vírus.

* Estabelecer a conscientização da população que não está empregada que se mantenham em suas residências o máximo possível.

* Abertura de todos os comércios, Shopping e indústrias, exceto ( casas noturnas e shows ) até última decisões.

* Ampliação em vigilância sanitária.

* Retorno imediato de todas as universidades públicas e privadas, on-line ou presencial. exceto ensino medio e fundamental, até última decisões.

* Criação emergencial do grupo de pesquisa para cura/ vacina/ tratamento/ profilaxia contra o Covid 19.

* Atendimentos exclusivos e residenciais em pacientes sintomáticos.

* Indivíduos com leves sintomas do vírus, isolamento total por 15 dias.

* Indivíduos com sintomas de gripe ou resfriado, isolamento total por 15 dias.

* Retorno de todos os  transportes públicos ( Com descontaminação DIÁRIA de aparelhos, ônibus, avioes, metros, trens).

* Áreas de lazer como praias, praças, lagos, restaurantes, parques, conscientização de uma determinada distância de outro indivíduo.

* Conscientização diária de higiene, lavar as mãos água e sabão, para que se torne hábito.