Espetáculo da natureza: florada dos ipês embeleza ruas de Porto Velho

29/07/2020 - 11:37 hs

Em meio à crise imposta pela pandemia do novo coronavírus e o clima seco, predominante durante o “verão amazônico”, a florada dos ipês embeleza a cidade, transforma a paisagem e enche de alegria o coração daqueles gostam de admirar o espetáculo da natureza.  

Na avenida Governador Jorge Teixeira, uma das principais vias de acesso de Porto Velho, as flores de cor rosa dos ipês-roxo cultivados ao longo do percurso, enfeitam o cenário e convidam o portovelhense para um registro fotográfico. Muitas fotos já estão ganhando as redes sociais.


Outro ponto, que também está chamando atenção de quem passa pelo local, fica na Avenida dos Imigrantes, trecho localizado entre as avenidas Jorge Teixeira e Rio Madeira, setor Norte de Porto Velho. O casal de namorados, Anderson Silva e Rosimone Ferreira, enxergaram na paisagem uma ótima oportunidade para renovar o álbum de fotografia.


“Tiro foto por hobbie. Comprei uma câmera profissional há cerca de cinco anos e de lá pra cá tenho feito vários registros”, disse Anderson que é policial rodoviário federal (PRF), em Rondônia.

Segundo ele, ao passar pela Avenida dos Imigrantes, nos últimos dias, viu na florada dos ipês um cenário perfeito para fotos. Anderson então convidou à namorada e a irmã para irem até o espaço.


“Adorei a ideia, me arrumei e vim com ele tirar as fotos. As flores caídas pelas calçadas e pelo gramado estão deixando tudo lindo. É realmente um cenário perfeito e que deve ser valorizado”, disse Rosimone.


Sobre os ipês

De acordo com estudos realizados pela Escola Britânica, o ipê é a árvore-símbolo do Brasil. A árvore nacional é o pau-brasil, que deu nome ao país. O ipê é uma árvore diferente da maioria das outras: quando suas flores nascem, as folhas caem dos galhos.

O ipê cresce devagar e pode chegar a 30 metros de altura, mas a maioria tem de 7 a 15 metros de altura. É do gênero Tabebuia, palavra tupi que significa “árvore de casca grossa”. Sua madeira é de qualidade. Por ser dura e resistente, é empregada na construção civil e naval.

Nas regiões Centro-Oeste, Sul e Sudeste do País, quando se vê um ipê florido é sinal que a primavera está próxima. Nessas regiões, a árvore precisa do frio para florir.

Já nas regiões quentes, como no Norte do País, o ipê costuma florir de junho a agosto. O ipê-roxo é o primeiro a florir, um pouco antes nos locais mais frios. O ipê-amarelo floresce entre agosto e setembro e o ipê-branco, de setembro a outubro.  



Fonte: