Após 25 anos alegrando Porto Velho, Bailarina da Praça diz que vai parar: 'Chegou a hora'

Bailarina da Praça encantou Porto Velho por 25 anos e agora ficam as boas recordações. Nossa homenagem à guerreira e um dos ícones da nossa cultura de Porto Velho

19/09/2020 - 23:20 hs
Foto: Divulgação
Após 25 anos alegrando Porto Velho, Bailarina da Praça diz que vai parar: 'Chegou a hora'
Bailarina da Praça
Ela anda meio sumidinha. Hoje conversei com um dos ícones de Porto Velho, a Bailarina da Praça. Durante 25 anos ela animou as praças de Porto Velho, por isso deram-lhe o apelido de Bailarina da Praça. Ela está bem, porém viu que é o momento de parar, como tudo na vida que começa, um dia para, finalizou Bailarina.

Já não vê mais a nossa bailarina. O peso da idade e a pandemia lhe afastaram de vez daquilo que ela mais gostava de fazer. Era sagrado o Dia das Mães, o Dia dos Pais, o Dia das Crianças e a sua Festa de Aniversário que findava com uma grande festa na Praça do Baú reunindo centenas de crianças.
Bailarina sempre com sua caixinha arrecadando fundos para a organização dos eventos. O do Dia das Crianças sempre tinha um toque mais doce, com um bolo enorme que ela fazia questão de se dedicar para conseguir fundos.
Nas feiras livres, no comércio, nos setores públicos; você encontrava a BAILARINA DA PRAÇA com seu humor despojado, direta e reta e com sua extravagante originalidade que se vivermos 100 anos não teremos mais outra figura tão carismática e importante à nossa Cultura de Porto Velho.

 


Ela foi homenageada diversas vezes, inclusive tendo seu rosto marcado para sempre num dos viadutos de Porto Velho. Creio que seja pouco o que fizemos por ela pelo que ela fez por nós.

Hoje os papais e as mamães e até os vovôs e vovós um dia se alegraram com a Bailarina da Praça.


Bailarina da Praça (Elielza Bailarina Ramos Freire). Nasci em Porto Velho no dia 14 de dezembro de 1969 no Hospital São José. Meus pais são amazonenses. Minha infância foi vivida no bairro Nova Porto Velho onde vivo até hoje. Quando casei morei durante quatro anos no município de Candeias do Jamari.

___________________________
Fonte: @jornalistavictoriabacon