Homem está sendo acusado de participação em crime de assassinato de policiais sem estar presente no ocorrido

15/10/2020 - 17:04 hs

Homem está sendo acusado de participação em crime de assassinato de policiais sem estar presente no ocorrido
Vídeo mostra que no momento do crime, João estava no perímetro urbano da cidade

Em imagens que circulam nas redes sociais e em ocorrências policiais, o homem denominado João Pedro Nunes Vieira, de 28 anos, está foragido pela Polícia Civil em Porto Velho. A foto do suspeito está  circulando na imprensa apontado como suposto envolvido na morte de dois policiais militares e nas tentativas de homicídio praticadas contra outros seis militares. Os crimes aconteceram no dia 3 deste mês na fazenda Nova Brasil, em Mutum-Paraná, distrito de Porto Velho.

No entanto, documentos enviados com exclusividade ao EUIDEAL mostram que no dia da prisão, o acusado não estava no local. Câmeras de segurança e movimentação bancária mostra que João estava no perímetro urbano da capital, desde o dia 29 de Setembro. O crime  aconteceu em Mutum-Paraná, distrito.


Confira 

Na hora do crime ele aparece no vídeo acima entrando em carro, que pertence à irmã:




TRANSIÇÕES BANCÁRIAS 


O CRIME 

A Polícia Civil está à procura de outros 14 homens apontados como participantes da morte do José Figueiredo Sobrinho, da emboscada armada contra o sargento Márcio Rodrigues da Silva e das tentativas de homicídio praticada contra outros seis militares.


Entre os foragidos está Gedeon José Duque que é considerado de alta periculosidade e era o chefe da organização criminosa que armou uma emboscada para os policiais.


Qualquer informação sobre o paradeiro dos criminosos pode ser repassada através do 197 da Polícia Civil ou 190 da Polícia Militar. Não precisa se identificar.