Pra asfaltar rua no último ano de mandato, Hildon endividou o município em R$ 75 milhões, para pagar em 2021

17/11/2020 - 22:42 hs

Para realizar todo o asfaltamento prometido durante a campanha, o Prefeito Hiildon Chaves solicitou um empréstimo junto à Caixa Econômica Federal, no valor de R$ 75 milhões, valor que será pago pela próxima gestão.

O problema, segundo apurou o portal de notícias Rondoniaovivo, não é está apenas na questão do empréstimo e sim no momento em que ele foi requerido. A prefeitura de Porto Velho está com o nome inserido no Cadastro Informativo dos Créditos não Quitados de Órgãos e Entidades Estaduais – CADIN. Em decorrência a esse problema perdeu mais de R$ 200 milhões em recursos destinados pelo Governo Federal para a realização de obras e reparos na cidade.
Com esse empréstimo o próximo prefeito corre o risco de ter o recurso do Fundo de Participação dos municípios retidos na fonte, o que prejudicaria de forma consistente a gestão da cidade, deixando uma espécie de “herança maldita” a qualquer um que seja o prefeito de Porto Velho nos próximos anos.


Hildon Chaves afirmou que esse dinheiro será investido em obras pela cidade e virá através do Financiamento à Infraestrutura e ao Saneamento – FINISA.

O projeto foi aprovado no dia 8 de Julho em primeira votação por 16 votos a 5. Na segunda votação, foram 15 votos favoráveis, 5 contrários e 1 ausência de plenário.