Pela primeira vez na história, portovelhense pode ser presidente do Senado Federal

Apoiado pelo presidente Jair Bolsonaro e pelo atual presidente do congresso, Rodrigo Pacheco, do DEM, é nascido em Porto Velho

24/01/2021 - 23:27 hs
Foto: Roque de Sá/Agência Senado Fonte: Agência Senado
O senador Rodrigo Pacheco, do Democratas de Minas Gerais, oficializou sua candidatura a presidência do Senado Federal, dando largada na disputa pela chefia do Congresso Nacional.

O senador tem o apoio do atual presidente Davi Alcolumbre (DEM-AP), e do presidente da república Jair Bolsonaro, além de partidos que fazem antagonismo ao presidente, como o PT e PDT.
Em nota que oficializou a candidatura, Pacheco promete preservar a independência do Senado para tomar decisões "livres e autônomas" e a unificação das instituições. O senador é novo na Casa e está há apenas seis anos na carreira política. Embora lançado pelo apoio e suporte de Alcolumbre, Pacheco tenta sair da sombra do coligado para seguir como candidato preferido de ambos extremos.

O senador nasceu em 3 de novembro de 1976 na cidade de Porto Velho, mas foi criado na cidade de Passos, Minas Gerais, e pode ser o primeiro senador da história nascido na capital rondoniense a presidir o Senado Federal.