Porto Velho está entre as 5 capitais mais quentes do país

A campeã da quentura com “folga” é a vizinha Cuiabá (MT). Mas tem uma cidade muito mais quente que ela: Nova Maringá (MT)

22/09/2021 - 13:12 hs

O Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE) divulgou uma lista nada agradável, que pode literalmente ferver a cabeça: as 10 capitais com maiores temperaturas em 2020. 

E quando o sentido é a “quentura” (como falamos por aqui), Porto Velho perde apenas para três cidades: Cuiabá (MT), Palmas (TO) e Boa Vista (RR).


No ano passado, a capital de Rondônia teve registro médio de temperaturas de 40,9°C (!). No Norte, teve a companhia das capitais tocantinense (com 43°C em média) e roraimense (42°C em média).

O recorde absoluto das “capitais forno” do Brasil fica com Cuiabá (MT). A principal cidade mato-grossense bateu fácil 44°C médios. 


Mas há quem se engane achando que o topo fica somente com Cuiabá. Ainda tem uma cidade mais quente que ela: Nova Maringá, também no Mato Grosso. Os moradores do município passaram maus bocados na sauna natural - 44,8°C médios.


Enquanto isso, ano passado Natal (RN) teve o registro da “menor temperatura” da história, chegando aos 34°C(?). O avanço dos termômetros, de acordo com o INPE, indicam um problema que todo mundo já sente literalmente na pele, há tempos: mudanças climáticas provocadas pelo aquecimento global. 


Climatologistas destacam que essa elevação das temperaturas são um alerta preocupante para a humanidade.


Também há uma curiosidade. Considerada a capital mais fria do país, Curitiba (PR), no auge das temperaturas quentes, registrou calor mais elevado que muitas cidades do Nordeste. Só perdeu para São Luís (MA), com marca média de 41,1°C.

Informações do Rondoniaovivo