Seja bem vindo
Porto Velho,11/08/2022

  • A +
  • A -
Publicidade

Policial mata irmã com tiro acidental após pedir para filmá-lo limpando arma

Jovem de 18 foi atingida no pescoço pelo irmão de 28. Laudo do IML mostrou que agente de papiloscopia da Polícia Civil de SP, que acabou de sair do curso de formação, estava embriagado na hora do episódio

Foto: Créditos: Redes sociais/Reprodução
Policial mata irmã com tiro acidental após pedir para filmá-lo limpando arma

Maria Vitória Carmello, baleada e morta acidentalmente pelo irmão policial.


Um policial civil de São Paulo foi preso em flagrante na quinta-feira (16) após matar acidentalmente com um tiro sua irmã de 18 anos, enquanto limpava uma pistola automática, em Botucatu. Leonardo Matheus Carmello, de 28 anos, que acabou de encerrar o curso de formação de agente de papiloscopia da corporação paulista, pediu para que Maria Vitória Carmello o filmasse com o celular enquanto limpava a arma, momento em que a 9mm disparou e a acertou no pescoço.

Uma ambulância do SAMU (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) chegou a transportar a garota até o pronto-socorro do Hospital das Clínicas (HC), mas ela não resistiu ao ferimento e morreu. Policiais militares que atenderam a ocorrência desconfiaram da forma alterada como Leonardo se comportava diante do trágico fato e solicitaram então um exame de dosagem alcoólica no agente de papiloscopia, realizado pelo IML, que mostrou que o autor do disparo estava embriagado.

Quando a perícia chegou à casa dos envolvidos, que moravam juntos, encontrou a cena do crime já limpa pelos demais integrantes da família, o que dificultará a realização de alguns exames. De acordo com Leonardo, o disparo teria ocorrido na cozinha da casa e o projétil teria atravessado o pescoço de sua irmã e atingido uma parede, que também teria ficado suja de sangue.

O policial civil seguia preso até o início da tarde desta sexta-feira (17), enquanto aguarda uma audiência de custódia no fórum da cidade do interior de São Paulo, que definirá se ele ficará preso ou se responderá ao processo pela morte da irmã em liberdade.

Revista Fórum



COMENTÁRIOS

Buscar

Alterar Local

Anuncie Aqui

Escolha abaixo onde deseja anunciar.

Efetue o Login