Durante a pandemia e sem hospital de campanha, prefeitura gasta R$ 600 mil reais em propaganda para divulgar 'imagem positiva' na capital

28/06/2020 - 18:06 hs

A prefeitura do município de Porto Velho tem o valor aproximado de R$ 1.500.000,00 destinados somente para serem gastos com divulgação e propaganda, sendo R$ 700.000,00 exclusivamente destinado para ações da prefeitura em combate ao Covid-19. (Fonte: Portal da Transparência). O questionamento foi levantado pelo advogado Breno Mendes, em eu perfil pessoal no Facebook.


Os gastos seguem durante a pandemia da covid-19. Porto Velho é uma das poucas Capitais do Brasil a não fazer hospital de campanha durante a pandemia. A capital é onde tem o quadro mais dramático do Estado. O maior número de doentes, somando 12.406, de acordo com o boletim diário da Secretária de Estado de Saúde deste domingo (28/06).


Cidades com população proporcionais a Porto Velho como Santo André em São Paulo, montaram hospitais com até 400 leitos, Marília e Bauru, também em SP, montaram seus hospitais em ginásios para atender a população.



Porto Velho é o epicentro de pessoas contaminadas com a Covid-19, e o que se ver nos últimos dias  é o vírus se alastrando pela capital e o estado com muita dificuldade tentando suprir as necessidades, mas um dos problemas que amenizariam os hospitais do Estado seria um hospital de campanha montado pelo Município de Porto Velho, mas isso não acontece, todas as capitais dos Pais receberam recursos  Federais para o combate à pandemia. 

Cidades com população proporcionais a Porto Velho como Santo André em Sp, montaram hospitais com até 400 leitos,Marília e Bauru também em Sp montaram seus hospitais em ginásios para atender a população. 

Com isso, ameniza a sobrecarga que fica sobre o estado, mas em Porto Velho o que  vemos são UPAs Lotadas, sem atendimento de qualidade, desrespeito aos cidadãos e um verdadeiro caos Instalado.  Continue lendo AQUI.